Consegue compreender que estamos aqui de passagem e que temos por obrigação apenas tomar emprestado, evitado excessos e principalmente agradecer.

Sent on by
Cecilia Cardoso
Send Your Own Message

Para minha querida filha, Vitória,

Querida Filha, como estará você em 2050, como estará o Planta Terra? Ainda haverá água e terra para plantar? Será que você realmente receberá esse e-mail, pois haverá energia? Ou as tecnologias serão outras? Não sei, o prognóstico que vemos hoje não é muito animador, tratando-se de conservação ambiental, conservação da terra onde nascemos da terra que vem sustentando gerações após gerações.

O propósito aqui é relatar o que eu e nossa família tem feito para contribuir com a sustentabilidade do planeta.

Desde criança eu já ouvia que a água um dia a água iria acabar. Então desde já fazia economia.Torneira fechada ! E se não tem água, não tem energia!

Pra você minha filha, que agora já é uma mulher, venho dando exemplos desde quando você nasceu. E apesar de você saber quais são, relatarei aqui alguns deles: aproveitamos a água da chuva, reutilizamos a água da máquina de lavar, separamos todo o lixo.

Em nossa casa nenhum alimento é desperdiçado. Tudo é planejado desde sua aquisição, consumo consciente, compramos somente o que é realmente necessário, não utilizando embalagens descartáveis (sacolinhas plásticas, garrafas pet, etc.) e o que realmente não é possível o consumo, o descarte final vai para as galinhas do vô.

Separamos embalagens e encaminhamos para a reciclagem. O óleo usado é doado para fazer sabão.

Quando você nasceu eu quis ensinar exemplos de respeito às pessoas, aos animais, à natureza. Porque acredito que, quem consegue desenvolver consciência de respeito à criação da grande Mãe Natureza será capaz de amar ao próximo e amar a si mesmo. Consegue compreender que estamos aqui de passagem e que temos por obrigação apenas tomar emprestado, evitado excessos e principalmente agradecer.

Porque o Planeta Terra não foi criado para uma única geração, infelizmente a humanidade não foi educada pra isso. E a conseqüência maior minha filha, é que não vai adiantar nós economizarmos tanto se os demais assim também não o fizerem. A água e os demais recursos também faltarão pra nós.

Tomara que ao ler esta mensagem o mundo ainda possa ter sobrevivido. Que a humanidade tenha se voltado para o princípio de toda vida.
Com o desejo de uma vida plena, sua mãe.

Cecilia Cardoso

Share on:
 
Send Your Own Message

More Messages to the Future

 

Meus filhos,

Espero que vcs tb encontrem ,de alguma forma,um caminho para colaborarem com Nossa Mãe Terra, bjs eternos.

 

Future Self & Ka’iulani,

We promise to reduce the amount of carbon we use on a daily basis.

 

Dear Grown up Alton and Dot,

The most important thing in my life is you, which means that as your mom – I am doing my very best to make sure that when you read this letter, Earth is a cleaner and safer place for you and your children.

 

Dear Maret,

Right now I want to be hopeful. Right now I want to think that we took action to ensure this beautiful future for you.

 

To My Dear Children, Jackson Carlo and Stella Jane,

I am a better person because of you, and I want the world to be a better place for you.

 

Dear Darlings,

I commit to you to change one thing a year in our lifestyle to live more environmentally friendly.

 

To my sons,

I’m voting with climate change as a top priority. I’ve tried to teach you boys that we need to clean up after ourselves and take care of the earth. I promise to continue doing these actions and more, for your sake.

 

Dear Tomorrow,

My promise is to continue to dedicate my life, my business, and my future to creating cultures that embrace environmental action not only for our own good, but the good of the countless other species hurting from climate change.

 

Dear Eleanor,

You are so small. So innocent. So beautiful. For you and for everyone else, I will try harder.

 

For those who come after us,

This is for the countless children I already see suffering the impact of climate change around the world, and the generations to follow.

 

Dear Eleanor,

It seems silly to saddle yourself with guilt for something that hasn’t happened yet. I don’t want to do that. As of today, I don’t really feel guilty. I guess I just want to make sure I keep doing more, so that when you read this, and ask what I’ve done since then, I can still feel good about my efforts.

 

Dear future loved ones,

As I sit here and write to you, I’d like to share with you something more horrifying than a few boos – our current home, Earth.

View All Messages

Send Your Own Message