Talvez eu não esteja viva para ver alguma mudança, mas espero que vocês vejam e tenham um mundo melhor em 2050. Plantei um ipê rosa e outro amarelo, que eles estejam florindo até 2050.

Sent on by
Juliana Signori
Send Your Own Message

Aos meus sobrinhos queridos, Ana Laura, Luis Carlos e Helloísa,

Estamos no ano de 2015 e ouvimos todos os dias o quão bagunçado está nosso clima… Calor demasiado, chuvas torrenciais, ventanias descontroladas.

No Brasil não costumava nevar a 20 ou 30 anos atrás, mas no sul de nosso país hoje em dia neva no inverno, é certo que é pouco, mas neva.

Estamos vivendo épocas de estiagem muito prolongadas, o calor está se tornando insuportável. Antigamente era luxo ter ar-condicionado em carros ou casas, hoje é quase uma necessidade, pois não conseguimos respirar um ar tão carregado de calor.

Assistimos tantos filmes que são quase profecias, pois mostram um mundo cinzento e sem vida. Se não tomarmos atitudes para que o clima fique pelo menos estabilizado, estaremos perdidos.

Estamos consumistas demais, destruindo florestas, produzindo muito lixo, contaminando solo e água, para que isso? Vamos nos conscientizar de que a natureza precisa da nossa ajuda. Aliás, a natureza não precisa de nossa ajuda e sim do nosso respeito por ela.
O respeito pela não destruição e sim da sua preservação e cuidados.

Aliás, o que será do mundo em 2050? Será que teremos árvores? Água limpa? Algum espaço verde?

Talvez eu não esteja viva para ver alguma mudança, mas espero que vocês vejam e tenham um mundo melhor em 2050. Plantei um ipê rosa e outro amarelo, que eles estejam florindo até 2050.

Que tenhamos amor pela natureza, preservando e reconstruindo o quanto pudermos. Trabalho de formiguinha, devagar e sempre.

Um grande beijo
Tia Ju

Share on:
 
Send Your Own Message

More Messages to the Future

 

We will look back on our time here and ask, “What did I do?”

If we truly live our present moment, maybe you’ll have a future.

 

Dear Emilia and Tommy,

We, in our time, still have the chance to change course. We have the knowledge and emergent means, even the profitable technologies, to do so.

 

To My Grandchildren,

It’s my hope that the following will be helpful as you navigate your futures.  These are the confessions of a climate activist:

 

Meus filhos,

Devemos conservar nosso planeta. Mas, para se fazer isso, temos que fazer isso juntos. Todos os seres humanos devem estar voltados para cuidar bem do lar em que vivemos e do presente que Deus nos deu para viver: a Terra.

 

Dear grandkids,

I believe this fusion of ecology and economy backed by the digital technology is our great achievement.

 

Future Self & Ka’iulani,

We promise to reduce the amount of carbon we use on a daily basis.

 

Dear future loved ones,

As I sit here and write to you, I’d like to share with you something more horrifying than a few boos – our current home, Earth.

 

To anyone who has heard my music,

I promise to care about the planet.

 

Dear Tristan,

I am doing this to protect you, the food, water, air and biodiversity of a country that I love.

 

Dear Devon and Chloe

I hope that my work helping to make your schools more sustainable will be something you carry on as you grow older.

 

Dear Martje,

I promise to do my best and raise my voice to ensure a better future for you and our future kids!

 

Querida Emanoely,

Gostaria que você se lembrasse das lições simples que mamãe e papai te ensinou, como cuidar das plantas e dos espaços coletivos.

View All Messages

Send Your Own Message