Talvez eu não esteja viva para ver alguma mudança, mas espero que vocês vejam e tenham um mundo melhor em 2050. Plantei um ipê rosa e outro amarelo, que eles estejam florindo até 2050.

Sent on by
Juliana Signori
Send Your Own Message

Aos meus sobrinhos queridos, Ana Laura, Luis Carlos e Helloísa,

Estamos no ano de 2015 e ouvimos todos os dias o quão bagunçado está nosso clima… Calor demasiado, chuvas torrenciais, ventanias descontroladas.

No Brasil não costumava nevar a 20 ou 30 anos atrás, mas no sul de nosso país hoje em dia neva no inverno, é certo que é pouco, mas neva.

Estamos vivendo épocas de estiagem muito prolongadas, o calor está se tornando insuportável. Antigamente era luxo ter ar-condicionado em carros ou casas, hoje é quase uma necessidade, pois não conseguimos respirar um ar tão carregado de calor.

Assistimos tantos filmes que são quase profecias, pois mostram um mundo cinzento e sem vida. Se não tomarmos atitudes para que o clima fique pelo menos estabilizado, estaremos perdidos.

Estamos consumistas demais, destruindo florestas, produzindo muito lixo, contaminando solo e água, para que isso? Vamos nos conscientizar de que a natureza precisa da nossa ajuda. Aliás, a natureza não precisa de nossa ajuda e sim do nosso respeito por ela.
O respeito pela não destruição e sim da sua preservação e cuidados.

Aliás, o que será do mundo em 2050? Será que teremos árvores? Água limpa? Algum espaço verde?

Talvez eu não esteja viva para ver alguma mudança, mas espero que vocês vejam e tenham um mundo melhor em 2050. Plantei um ipê rosa e outro amarelo, que eles estejam florindo até 2050.

Que tenhamos amor pela natureza, preservando e reconstruindo o quanto pudermos. Trabalho de formiguinha, devagar e sempre.

Um grande beijo
Tia Ju

Share on:
 
Send Your Own Message

More Messages to the Future

 

Minhas lindas,

As causas das mudanças no clima são tão profundas e envolvem tanta gente e tantos lugares.

 

To my daughter and son,

Surrounded by scientists who shared my fears and visions, I often had a hard time to accept that outside our small community climate change received marginal attention.

 

Filha,

Saiba que enquanto eu tiver vida, minha voz não calará para alertar o mal que estamos fazendo agora para as nossas gerações futuras…

 

Dear future generations,

I pledge to you now that I will work tirelessly and with all my willpower so you don’t have to live in a world where you have to worry about the next storm.

 

Dear Tomorrow,

I promise to become more educated on the global issues that face populations I can’t see

 

I pledge to stop using plastic bags.

 

Dear Children and Grandchildren,

I see a world full of hope fueled by the desire for change.

 

To My Fellow Two-Spirits,

Thank you — Thank you — without you, I would not hear butterflies singing, without you, I would not understand black bear humor, or the creativity of jays planning their breakfast, without you, I would not feel flora whispers of long-lived wisdom on the back of my neck while sitting in Padmasana.

 

Dear Future Self,

I am scared of the things happening right now with our planet.

 

Dear Future,

We need to work to save our beautiful home.

 

Dear Isaiah,

I am grateful for your soul, for your creativity, for your empathy. All these are precious treasures that you have to offer the world. They will help. I thank you for being in this world right now, so that you can offer these gifts at a time of transition.

 

Hello spawn,

I am small now littles and I may be small forever but in my small ways I will fight for you.

View All Messages

Send Your Own Message