Sent on by
Joaquim Ferreira de Paula
Send Your Own Message

Para Daniella e Heitor,

Queridos filhos!

Decidi escrever esta mensagem, para que vocês, no futuro, possam entender melhor sobre minha preocupação atual sobre o nosso planeta. É realmente necessário alguma ação no sentido de frear o rumo desastroso com que, a passos largos, estamos conduzindo o nosso ambiente. Eu, além de compartilhar com ideias diversas sobre planos recuperativos, também sou partidário de ações preventivas.

Com esse intuito foi que adquiri aquela pequena propriedade – chácara- em Osório, aqui no município de Valença-RJ, para que eu pudesse, mais diretamente e num curto e médio prazo, praticar com aquilo que penso ser do meu alcance e no qual acredito, isto é, “o poder das plantas”.

Plantar, para mim, significa, não apenas retornar às minhas origens, quando retirávamos da terra quase todo o sustento da família. Significa também uma sensação de bem estar, de fortalecimento da alma, de liberdade. Uma pena que a velha expressão “em se plantando tudo dá” já não é tão verdadeira. O uso excessivo e descontrolado de inseticidas resultou em parasitas cada vez mais resistentes e o seu não uso praticamente inviabiliza qualquer tentativa de se colher. Entretanto, continuo acreditando nessa pequena possibilidade.

Então, minha proposta, no qual estou engajado, foi de formar um POMAR com uma diversidade grande de espécies de árvores frutíferas, algumas conhecidas por mim e outras não, para que num momento mais adiante, tenhamos não apenas um reflorestamento, mas uma fonte de alimentos. Essas frutas alimentarão também animais e aves, “domésticas” ou não, que por sua vez, dentro da legalidade e do bom senso, também poderão ser utilizados como fonte de alimentos. Acredito na obediência: TERRA-PLANTA-ÁGUA-ANIMAIS-VIDA.

Joaquim Ferreira de Paula

Share on:
 
Send Your Own Message

More Messages to the Future

 

To My Future Children,

Most importantly, I hope you live in a world where science is taken seriously and fact is clearly distinguished from fiction.

 

To My Children and My Future Grandchildren,

People are an amazing race and, if we have the will, I believe we have the ingenuity and resources to fix the harm we’ve done.

 

Dear Daughter,

Even when contemplating huge global-historical issues — especially then — it’s important to stay grounded in the present time and place, the specific here and now, and the minute affairs of everyday interpersonal relations.

 

To my precious children,

As you’ve grown older, I’ve become increasingly aware that protecting you means more than ensuring your short-term safety. It also means ensuring that you’ll have a safe planet to live on.

 

Dear sons,

I’ve been so busy since 2012 working towards getting a price on carbon.

 

Dear Gabriel,

When the worst consequences of climate change still feel far away today, or the barriers to acting on climate change seem steep today, I do not think about today. I think about you, and your world when you are my age.

 

Dear Little Loves,

Protecting our planet is so similar to parenting; it requires interest, dedication, thoughtfulness, knowledge, attention, and love.

 

Dear humankind of today and tomorrow,

I do wish to contribute as much as I can, maybe even start a ripple effect, where other people will start taking action too and inspire other people too.

 

To my dear son,

Last year most of the world’s reefs turned white at some point, but because it was underwater you and your friends didn’t see.

 

To my Beloved Future Children,

Be fearless – do not be afraid to talk to each other and do not be afraid to fail.

 

Meus filhos,

Espero que vcs tb encontrem ,de alguma forma,um caminho para colaborarem com Nossa Mãe Terra, bjs eternos.

 

To my grandchildren,

With this letter I renew my promise to act in an ethic and moral way and to try to help other people to understand this problem.

View All Messages

Send Your Own Message