Sent on by
Luciane Pimentel
Send Your Own Message

Minha querida Valentina,

Quando escolhi esse nome para você foi para te presentear com uma nobre virtude, a Coragem.

Porém há 16 anos atrás minhas preocupações com seu futuro eram outras, queria que você tivesse a coragem de desbravar tudo o que a vida nesse mundo poderia te oferecer de melhor.

Mas hoje minhas preocupações com seu futuro são outras; gostaria de te dizer que vivemos em um mundo onde o respeito por toda forma de vida é a lei que nos rege, mas não é, e essa falta de compaixão pelo nosso planeta, que nos dá tudo, sem pedir nada em troca, está o colocando em colapso, nossa “Mãe terra”, foi pacientemente absorvendo cada golpe, sendo lacerada pela cobiça de alguns e usurpada e explorada em beneficio de poucos.

Hoje ela apresenta sinais que de alguma forma as coisas irão mudar, e nessa historia como já sabemos, ela sempre permanece, mas seus habitantes não, no caso nós.
Ainda tenho a esperança que há tempo hábil para mudarmos nossa forma de trata-la e de principalmente rever nossos hábitos, para que possamos viver por muitas eras ainda.
Como você sabe sou uma vegetariana rumo ao veganismo, por compaixão as demais espécies que assim como nós habitam esse mundo, sempre busquei te explicar que somos iguais às demais criaturas, e que devemos sim respeito e zelo por todo o nosso meio ambiente.

Espero do fundo do meu coração, onde quer que eu esteja que você sempre se lembre do legado que tentei deixar para você, principalmente do respeito por toda forma de vida, seja animal ou vegetal, e que você possa dar prosseguimento a minha ideologia de ser boa e fazer o bem e de que estamos. Nesse fantástico mundo para evoluirmos juntos em busca de uma coexistência, que só nos trará beneficio e perpetuara nossa espécie nesse lindo e brilhante ponto azul que chamamos de lar.

Te amo hoje e sempre.

Mamis

Share on:
 
Send Your Own Message

More Messages to the Future

 

Dear Lucy,

The clock ticks, time passes, and the earth and all of its inhabitants move closer to dangerous boundaries we can dimly discern but cannot see clearly.

 

Dear Me of Tomorrow,

I plan to plant more things this spring, as we do every year in our garden.

 

To my dear son Zac,

I promise to raise you as a loving-nature human.

 

Dear Nolan, Patrick, Cullen and Gabriel,

This Mother’s Day I am again thinking of my grandsons future and what I am doing to change the world if only by a small fraction.

 

My dear daughters,

I will use my voice to help bring awareness about climate change.

 

Querida Tainah,

Quero que você beba água pura, coma alimentos sem agrotóxicos e que sua casinha branca com varanda, seja voltada para o leste, onde o sol vai nascer.

 

Fe,

As one push of a button can set a spinner in motion, so too can the actions of one in creating a world that allows you to thrive, to giggle, to love.

 

Dear Josh, LeeAnn, & Jessica,

I am very proud to know that You will treat Our Earth, Our Natural Gift, Our Playful Backyard with the same Awesome Respect that We give to each other, as a Family – Knowing that Our Earth, is Your Child Now.

 

Dear Future Ryan,

I promise to be a knight in the campaign of truth seeking.

 

Querido amanhã,

Eu quero esse mundo melhor para você, onde o povo tem voz, seja lá quem você seja, eu vou fazer se tudo para proporcionar um mundo melhor para você.

 

Dear Tanuj,

The time has come to question ourselves as citizens about our own actions and the legacy we are leaving behind.

 

Dearest Gray,

When I asked you why the purple Violet called to you, you told me it was “magic”. I hope that you can still find the magic of life. I hope, despite everything, it is still in abundance.

View All Messages

Send Your Own Message