Sent on by
Rogéria Moura Paim
Send Your Own Message

Meu querido neto Gustavo,

Meu querido neto Gustavo, eu sempre lhe mostrei como ajudar na conservação do meio ambiente,você não vai lembrar mas com dois aninhos já plantou uma arvore, ou melhor várias, pois moravamos perto de um campo de futebol que não tinha uma sombra pra nos proteger do sol. Plantamos varias frutas e outros tipos, recentemente você já com 9 anos lhe levamos pra ver e foi bom ver o resultado, as arvores já crescidas. Você não suporta ver alguém jogar um papel de bala na rua, fico feliz, pois percebo que a idéia de não poluir já está nas suas condutas. Espero muito que você vai passando esses valores para seu irmãozinho Augusto que ainda tem só um aninho. Lembra quando a vovó incentivou as pessoas que moravam na quadra da rua dela para a reciclagem? , foi muito boa a resposta, quantas coisas conseguimos reciclar, de livros , plásticos, vidros,equipamentos eletrônicos. O melhor foi que revertemos tudo aquilo doando para uma obra Assistencial da igreja católica que acolhia crianças. Meu neto não sei como vai estar as condições climáticas daqui a 2050, mas quero muito que você esteja no meio das pessoas que tenha se tornado um agente transformador entre tantos que são incentivados hoje por um mundo melhor em todos os aspectos. Amo muito Vocês e desejo que estejam curtindo as belezas que Deus nos deu que é natureza riquíssima, com rios e riachos, flores e frutos maravilhosos, e nós que temos o privilégio de morar no Mato Grosso que tem uma diversidade de paisagens e animais que precisam ser protegidos da extinção, a responsabilidade ainda é maior para todos nós. Ainda dá tempo seja lá como vai se encontrar nesses tempos, podemos fazer a diferença. Beijos da vovó que ama todos vocês.

Share on:
 
Send Your Own Message

More Messages to the Future

 

Hey Kiddos!

My hope for you is that all our legislative efforts and care for the environment makes a difference so that we can wipe asthma out of our family.

 

To my darling ones,

And it’s not that I don’t care. I care deeply. For you three, and the families I hope you will have one day; for the many beautiful places I have had the privilege to know, places which take my breath away, that fill my heart with a bursting joy and connectedness to something so much greater than I, places I know may be quite different when you are my age

 

Querido amanhã,

Sempre é bom ajudar a natureza.

 

Dear Victoria, sugar pie honey bunch, chiquita loquita,

How can I look at your bright eyes and light dance and tell you we are facing a war?

 

Dear Tomorrow,

I promise I will only use renewable energy.

 

Dear James,

More importantly, what are we doing to better our planet and everyone who lives in it?

 

To what we’ve overcome.

The first step would be in overcoming ourselves. Because whether we end up fading into obscurity, or thriving in prosperity, we will overcome ourselves.

 

I pledge to take the bus.

 

Dear Tomorrow,

I will stop using plastic and will plant trees. I will also not waste water and electricity.

 

Dear Tomorrow,

Don’t use plastic straws!

 

Dear Seamus and Tuva,

So it’s 2050. If the good people are winning the greater struggle, fossil fuels are a shamefully long chapter of the past, and there has been a full scale awakening to the need for only renewable, clean energy.

 

Dear Tomorrow,

I promise to try to set up crowd funding for grants to people with realistic proposals to fight climate change.

View All Messages

Send Your Own Message