DearTomorrow,

Vimos o quanto estamos "perdendo tempo" em não olharmos à nossa volta e acordarmos para tudo o que está acontecendo.

Share on:
Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on RedditShare on Google+Share on LinkedInShare on Tumblr

Meus filhos, meus netos, sobrinhos…

 

Vimos o quanto estamos “perdendo tempo” em não olharmos à nossa volta e acordarmos para tudo o que está acontecendo, não somente aqui em nossa cidade, mas, em todo o mundo: o descaso das autoridades, a não recuperação, ainda, de algumas das áreas atingidas na tragédia climática de 2011 em nossa cidade, uma poluição terrível nos rios, uma falta de água em várias cidades, uma seca terrível em várias (hoje não é somente o Nordeste que tem seca, outras cidades em outros estados e regiões, devido à falta de água, à falta de chuvas…), as plantações perdidas por falta de água, a ganância dos empreendimentos desmatando as florestas, etc… Muita violência, muito desrespeito às regras da cidadania. Gostaria de que o tempo do futuro de vocês, fosse igual ao tempo de minha infância (não estou tão velha assim, estou com 54 anos), quando ainda víamos uma boa perspectiva, mas, hoje, se nada for feito, o futuro não será tão simples. Morrem muitos por fome, por guerra civil,por guerra religiosa, por guerra urbana (tráfico, sequestro…), mas, “a esperança é a última que morre” e se houver mobilização, mudanças poderão acontecer. Que vocês saibam cuidar da vida e do futuro de vocês, para que as gerações que vierem através de vocês tenham boas histórias para serem contadas. Com todo o meu amor, que é eterno. Que DEUS os abençoe. Sua mãe, sua avó e sua tia…Fátima da Conceição Valadão Carriello.

Share on:
Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on RedditShare on Google+Share on LinkedInShare on Tumblr
Sign the Environmental Voter Pledge